29 famílias já receberam exames de DNA realizados pela Defensoria Pública

Parte do projeto “Meu Pai Tem Nome”, os últimos resultados foram entregues na segunda-feira, 27.

Por Ingra Tadaiesky
28 Nov de 2023, 3 meses atrás
29 famílias já receberam exames de DNA realizados pela Defensoria Pública

 

Em 2023, a Defensoria Pública do Amapá (DPE-AP) reforçou seu compromisso com a criança e o adolescente ao realizar duas edições do projeto "Meu Pai Tem Nome" e garantir a inclusão do nome paterno na certidão de nascimento desse público. A novidade deste ano foi a oferta de exames de DNA gratuitos para auxiliar no reconhecimento da paternidade biológica. Na última segunda-feira, 27, 11 famílias receberam os resultados e deram andamento em seus processos.

Foi neste dia que Rogério Aviz confirmou que é o pai biológico da pequena Laís, de 11 meses. Com o resultado em mãos, ele comemorou.

“Eu não esperava um atendimento tão ágil e um resultado tão rápido. Me surpreendi porque, em menos de 25 dias, resolvemos tudo. Eu estou muito feliz, muito feliz mesmo”, disse.

O “Meu Pai Tem Nome” é uma iniciativa do Conselho Nacional da Defensoria Pública (Condege) e visa garantir o reconhecimento legal e afetivo de pais ausentes, possibilitando a inclusão desses genitores no registro civil dos filhos.

Este ano, a DPE-AP realizou a ação em dois mutirões com a Carreta. O primeiro aconteceu em agosto e o segundo, em novembro, totalizando 29 famílias beneficiadas. Além dessas ações itinerantes, outras 6 famílias buscaram o serviço diretamente na sede da DPE-AP, que também oferece suporte legal e orientação para procedimentos relacionados ao reconhecimento de paternidade.

Segundo o defensor público e coordenador do Núcleo de Família, Sidney Gavazza, a entrega dos resultados dos exames representa um passo significativo na busca pela identidade e pelo reconhecimento da paternidade dos indivíduos.

“A Defensoria garantiu o direito ao nome e a potencialização de direitos da personalidade da criança, e agilizou a realização de acordos de alimentos. Assim, conseguimos trilhar caminhos para melhorar o futuro e dignidade das famílias”, finalizou Sidney.